Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

Foto - Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

Nascido no interior de São Paulo, Taubaté, Roberto Fernandes é um talentoso ilustrador e designer gráfico. Começou a fazer mangá aos 16 anos, e a trabalhar na área de desenho aos 23, fazendo desenhos para apostilas.

Trabalhou por dois anos no estúdio J. Piaget, na ilustração de materiais didáticos. E de 2012 a 2015 em um estúdio on-line, a Ilustranet.

Foi o segundo brasileiro a vencer o maior concurso internacional de mangá, o Silent Manga Audition (SMAC). Assim, venceu a terceira edição em 2015, na categoria “Excellence”, com a obra “6 Reasons”; e ainda no mesmo ano, na quarta edição, foi classificado na categoria “Grand Prix Runner Up”, com a obra “Play”. Atualmente faz parte do Programa Master Class da Editora Japonesa Comic-Zenon, um programa de orientação e suporte dado aos ganhadores do concurso SMAC, onde os mesmos podem oferecer obras e propostas de séries em mangás ou one-shots para a própria editora organizadora; onde inclusive, lançou one-shots como: “Look Around!” e “Good Dog John”. Atualmente existem cerca 35 Master Classes pelo mundo inteiro, sendo apenas 5 brasileiros e Roberto Fernandes sendo o segundo brasileiro a receber o título.

Vamos então à entrevista!

 

Desenho Online – Nome completo, idade, hobby e ocupações.

Roberto – Roberto Fernandes de Oliveira, 30 anos, hobby e ocupação: desenhar!

 

Desenho Online – Desenhar e criar histórias em quadrinhos são gostos e habilidades que lhe surgiram como?

Roberto – Na infância, assim como eu via nos meus desenhos favoritos, eu queria fazer meus próprios universos. Mais pra frente eu fui perceber que isso tudo poderia ser transmitido pelos quadrinhos, então acho que surgiu daí meu gosto pelos quadrinhos, no entanto, desde a época do primeiro desenho das Tartarugas Ninja na televisão, eu já era apaixonado por desenhar.

Morrigan - Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

 

Desenho Online – Como foram as suas primeiras experiências profissionais de ilustrador? Foi difícil?

Roberto – Foi muito difícil, como de costume para os ilustradores do Brasil, haha!

Eu fazia quadros e retratos sobre encomenda fora do meu expediente por preço de banana, na época eu era agente comunitário de segurança em um hospital. O apoio das pessoas e a clareza pra enxergar oportunidades no ramo eram exceções. Logo depois das minhas piores experiências eu me mudei para São Paulo e tive uma das minhas melhores experiências profissionais e pessoais, quando tive meu primeiro emprego de ilustrador, no estúdio de material didático J. Piaget.  

 

Desenho Online – O que representou para você ganhar o concurso internacional Silent Manga Audition e ainda ter os one-shots “Play” e “6 Reasons” publicados no Japão?

Roberto – Me trouxe a mensagem de que não precisamos nos limitar nunca!

Eu já tinha arriscado tudo pra ganhar o concurso, tinha saído do meu último emprego, tinha acabado meu dinheiro, mas também tinha a certeza que eu era capaz de ganhar! Quando eu ganhei senti uma espécie de alívio, a comemoração foi basicamente essa.

 

Desenho Online Na sua opinião, o que representa o concurso internacional SMAC, para os aspirantes a mangakás de todo o mundo?

Roberto – O concurso da SMAC representa uma postura receptiva do Japão para todo o resto do mundo, uma postura bem sucedida, que pode implicar em uma positiva influência dentro do próprio Japão no ramo editorial.

Já para os competidores brasileiros, eu acredito que represente um contraste do respeito e expectativas vindas do Japão entre o respeito e expectativas que nós obtemos aqui mesmo.

 

Desenho Online – Conte-nos um pouco sobre os one-shots Look Around! e Good Dog John lançados no Japão? As artes estão incríveis, parabéns!

Roberto – Obrigado! São mangás para homenagear Kumamoto e Fukushima, nos dois eventos que tiveram no Japão com participação da SMAC! e do Silent Mangá Audition. Foram trabalhos oferecidos para todos os Master Classes e foram revisados e aprovados pelos editores chefes da SMAC!, Mochida e Taiyo. Foi uma experiência boa porque foi feito na maneira oficial de como eles trabalham, com conversar com editor etc.

Eu gosto mais do Look Around!, nesse eu consegui mostrar bem o que eu queria! Mas se me perguntasse hoje, eu faria diferente! Haha!  Coisa de maluco!

Good Dog John - Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

Look Around - Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

 

Desenho Online – Quais artistas influenciaram o seu traço? Quais livros ou referências fizeram parte do seu aprendizado?

Roberto – A música fez grande parte das minhas influências e aprendizado, apesar de jamais tocar nada! Claro, Akira Toriyama, Kurumada, Nobuhiro Watsuki, Hiroaki Samura, todos influenciaram meu traço, assim como Digimon, games da Capcom, Metal Gear etc. Mas a música e elementos externos estão mais relacionados com o meu aprendizado, como a série Game of Thrones por exemplo! Ainda acima de todas as inspirações a banda japonesa Tokyo Jihen e a vocalista Shina Ringo! Haha!

 

Desenho Online – Recentemente você venceu até um concurso de mascotes do SMAC, com o personagem Silent Dog, parabéns! Como foi o feedback dos organizadores do concurso, principalmente do público?

Mascote Silent Dog - Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

Roberto – Obrigado! Os organizadores parecem ter gostado mesmo, ainda assim ele teve uma série de mudanças posteriores, mudou os olhos e a sombra escura que tinha no rosto, eu ainda acho ele legal, ele só está mais “kawai”. A aparência original dele ainda é segredo, em breve ele deve sair nas coisas da SMAC!.

Quanto ao público, sem sequer o Silent Dog ser exibido oficialmente, me parabenizou de uma maneira e intensidade que eu jamais vi! Haha! Parecia que eu tinha ganhado outro Silent Manga que fosse me levar ao Japão! Rsrs… O público, muitos familiares e amigos me fizeram entender que esse tal mascote é algo realmente significativo, afinal vai se tornar identidade de uma editora japonesa! Eu até ganhei um fan- art incrível do Fabiano Ferreira, ficou show!

 

Desenho Online – No site “Apóia-se” você criou o “Diário Master Class“. O que é, e como surgiu esse projeto?

Roberto – Primeiramente eu tenho que dizer que anda meio parado “^^” haha!

O “Diário Master Class”  é um conteúdo que tenho me esforçado pra fazer mais (eu juro! ^^’), se trata de um relato profissional contando minhas experiência com os editores da SMAC!, principalmente se tratando de aprovar materiais.

Todo competidor do Silent Manga é avaliado por estes mesmos editores, então eu imaginei que seria interessante os competidores conhecerem as opiniões dos editores, o conteúdo escrito é disponibilizado de graça, os esboços e storyboards (name, como eles chamam ) recusados ou aprovados são para apoiadores a partir de 1 real. O único motivo de eu não estar expondo esse material na própria comunidade do concurso é porque os editores também estão lá e eu procuro colaborar de uma forma mais pessoal e discreta.

Com um movimento maior no Apóia-se eu poderia estar aumentando minha freqüência de publicações e conteúdo.

 

Desenho Online – O que aprendeu de bacana em sua última viagem ao japão, através do SMAC?

Roberto – Inclusive foi a única até agora.

Eu aprendi que tudo que falam de mal do Japão é mentira e tudo que falam de bom é ainda melhor! Haha!

Viagem ao Japão - Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

É difícil dizer exatamente, mas a mensagem que ficou em  mim tem haver com não se limitar, tudo lá foi tão surpreendente por causa da maneira que as pessoas me tratavam, mesmo fora da SMAC! ou até os grandes monstros do Mangá como Hojo e Hara. Acho que isso está relacionado em não limitar suas expectativas e não se limitar.

 

Desenho Online –  Dos mangakás e editores japoneses, quais você encontrou ou conversou por lá? O que disseram do seu trabalho?

Roberto – Olha… eu não sabia falar nadica de inglês, o máximo que eu fazia era perguntar para as espanholas e balançar a cabeça! Haha!

Todos eram legais, a gente ficou conversando em uma mesa com cada um deles por 20 minutos, fora os encontros eventuais. Talvez o Hojo tenha sido o mais legal, ele elogiou a minha personagem “mãe” do “6 Reasons”  e deu uma palestra pra gente antes do encontro oficial, uma palestra bem descontraída, ele é um cara bem legal.

 

Desenho Online – Que conselho poderia deixar para os artistas que pretendem publicar ou viver de quadrinhos?

Roberto – Eu aconselho a não embutir sofrimentos na imagem de seus sonhos, como por exemplo: “eu tenho que sofrer muito para ser mangaká”. Ora, é muito provável que isso aconteça, mas se é um sonho ele tem que ser sonhado em seu melhor estado e da maneira mais atraente, ou seja, deixem que o tempo vai constar que vocês viraram noites, economizaram dinheiro, perderam namoradas ou ganharam tendinites, mas a ideia é que não precisem sofrer, pra você merecer é preciso trabalhar, não necessariamente sofrer.

Uma coisa que fiz de errado por muito tempo é deixar de ter uma vida “agradável” para ficar tentando aprovar alguns materiais na própria editora SMAC!. Conclusão, eu só conseguia escrever história que não passavam de analogias da minha própria vida sem dinheiro e sem acontecimentos interessantes. Entendem? Não se limitem, lembrem se que, provavelmente, antes de você querer ter um futuro feliz, você vai querer que seu dia seja feliz, isso deve ter peso em suas decisões.

Artes - Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

 

Desenho Online – Se fosse para comparar o mercado nacional com o japonês de mangá, quais seriam as principais diferenças que destacaria?

Roberto – Eu acho que a principal diferença é o giro e o consumo. Eu acredito que o Japão atropela o segundo lugar no ranking mundial de publicações, ranking onde o Brasil deve estar entre os últimos.

Já em relação ao material e ramo editorial, eu acho que temos um percentual de talentos ótimos, editoras com estrutura para investir, mas ainda não praticamos uma forma sustentável de trazer esta atração ao público. No Japão você pode oferecer pra várias editoras até conseguir publicar, pode obter um trabalho relacionado enquanto tenta emplacar sua proposta autoral e o público tem fácil acesso a muitos títulos diferentes, inclusive para a experimentação. No Brasil ainda não temos um modelo de trabalho onde o autor ganhe um valor razoável, onde consiga produzir em ritmo rápido, onde traga um grande leque de experimentação ao público e que ainda sim a editora ou responsável pela distribuição tenha lucro. Eu tenho impressão que pra isso é preciso pensar em números grandes, muitos autores e com certeza a presença de possibilidades que só a internet traz!

 

Desenho Online – O que você acredita ser necessário para que um desenhista alcance sucesso como profissional?

Roberto – Primeiro ele deve ter a capacidade de produzir um material que alguém no mundo seja capaz de curtir e adorar do fundo da alma! Depois ele deve achar o máximo desse tipo de pessoa pelo mundo, entre clientes e profissionais! ^^

MasterClass - Roberto Fernandes em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

 

Desenho Online – Muito obrigado por nos conceder essa entrevista, suponho que seu tempo deva estar muito corrido. Um abraço!

Roberto – Eu que agradeço! Sinto pela demora pra responder, eu estive ocupado fazendo um teste para a equipe do Hojo sensei e ainda não sei no que deu! rss… Qualquer novidade eu posto nas minhas redes sociais pra galera ficar sabendo. ^^

Foi uma honra essa entrevista, eu já sou fã do desenhoonline.com, Mateus! Você traz muita informação útil pra todo tipo de quadrinista nacional, inclusive eu acho sensacional parte de vagas para a área, é algo que me facilitaria muito se conhecesse o site no passado!

Obrigado! Abraço a todos!

 

Sobre o Autor

Um curioso aspirante da filosofia que curte aprender um pouco de tudo, seja de ciência, arte, religião ou filosofia. Artista Plástico, Designer Gráfico e Blogueiro há mais de 7 anos.

http://www.desenhoonline.com

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *