O que as pessoas bonitas tem em comum? Os desenhistas precisam saber!

Todo desenhista que pretende se tornar “O Desenhista”, no sentido mais amplo da palavra, vai sempre tentar beber das melhores fontes, não é mesmo? Pois é, foi pensando nessa turma que eu venho novamente abordar um antigo assunto, porém, dessa vez relacionado com a causa, e não especificamente de seus efeitos.

Que existem pessoas bonitas pelo mundo isso é um fato rotineiro, mas o que fica em “off”, e que é a grande questão dessa matéria é “O que as pessoas bonitas tem em comum?“. Uma das respostas para tal afirmação e que comumente se ouve, seria de que “A beleza está nos olhos de quem vê”; mas, será mesmo? Acho que precisamos pensar mais um pouco…

Em 2012 a inglesa Florence Colgate venceu um concurso de beleza, sendo eleita como o rosto natural (sem maquiagens e cirurgias) mais bonito da europa, desbancando nada mais que 8.000 candidatas. Isso mesmo, oito mil! Olha a só a foto da guria…

Mais bonita da Grã Bretanha

Sim, realmente é muito bonita; mas, eu se eu lhe disser que ela trapaceou? Sim, usou Photoshop na “cara dura” para igualar os lados! Na internet mesmo você verá inúmeras notícias falando sobre a tal trapaça, destacando que ela fez seu rosto ficar simétrico para parecer mais bonita. De fato, praticamente a maioria das pessoas possuem rostos assimétricos, e usar um recurso como esse seria uma tática bem forte para se destacar e ganhar o concurso.

A simetria é não só um princípio estético universal como uma característica fundamental na seleção de um rosto bonito, e por isso é tão comentada e aplicada entre os cientistas, designers e cirurgiões plásticos. Daí você poderia me dizer “Poxa Mateus, assim não vale, ela trapaceou!”. Realmente, trapaceou na simetria, mas foi com outra foto e não com a apresentada neste post; note que na foto acima ela possui um olho menor e mais acima do outro, além da boca e a covinha estarem mais erguidos que o lado oposto.

Um cara que é fera no Photoshop, resolveu fazer um processo parecido com o que ela fez para corrigir a simetria, e até alguns detalhes a mais, o bacana é que ele registrou isso em vídeo! Assista o vídeo abaixo e veja que mesmo com as alterações ela não ficou tão mais atraente, ou seja, a beleza dela está para além da simetria.

O grande porém de tudo isso é que mesmo sem as alterações de simetria, ela possui algo bastante interessante em seu rosto e que com certeza fez você a vê-la como atraente, são suas dimensões que se aproximam e muito da Proporção Áurea, ensinada e aplicada inclusive pelos grandes mestres da pintura. Para quem não sabe estaEstrela Razão Áurea
proporção é uma constante real algébrica, representada pela letra PHI; ela aparece principalmente na estética da natureza, e, motivo de diversos estudos por pesquisadores e filósofos da antiguidade; pois dela se emana beleza, que intuitivamente é captada pelo homem. Dentre as figuras geométricas, por exemplo, o pentagrama é a figura que mais possui a tal proporção, e nesta figura ao lado você poderá ver um exemplo do que se repete nas demais linhas do pentagrama, a Proporção Áurea.

Para compreender melhor essa proporção e mostrar que o rosto dessa moça, mesmo natural, se aproxima dessa estética e conhecimento, deixarei você assistir o vídeo abaixo, que é de divulgação do programa PhiMatrix; criado para análise desse tipo de proporção. Assista!

Surpreso? Sim, ela pode ter apelado com o Photoshop mas sua vitória não foi de toda infundada, ela não só se baseou em um critério válido como naturalmente se aproxima de proporções universais de beleza.

Se quiser saber se seu rosto se aproxima desta proporção, clique aqui para fazer o download do programa. Vale lembrar que isso pode ser feito com uma régua se você entende sobre a tal proporção; o programa serve mais para ganhar tempo e descomplicar o processo.

 

Proporção Áurea

Como foi dito anteriormente, a Proporção Áurea ou Proporção de Ouro é uma constante real algébrica, representada pela letra PHI (não confundir com PI), e desde a antiguidade ela não só foi descoberta na natureza como estudada e utilizada em diversas construções e obras artísticas. Dentre os estudiosos e grandes exploradores do assunto, temos Phidias, Platão, Euclides, Marcus Vitruvius Pollio, Fibonacci, Leonardo da Vinci e outros Renascentistas, Fibonacci, Luca Pacioli, Michael Maestin, Johannes Kepler, Charles Bonnet, Martin Ohm, Édouard Lucas, entre outros.

Homem-Vitruviano-Leonardo-da-Vinci-proporção áureaEste desenho ao lado “O Homem Vitruviano”, foi encontrado no bloco de notas de Leonardo da Vinci e feito pelo próprio por volta de 1490 baseando-se no conceito exposto na obra “Os dez livros da Arquitetura”, escrito pelo arquiteto romano Marcus Vitruvius Pollio. Desta forma, o homem descrito por Vitruvius apresenta-se como um modelo ideal para o ser humano, cujas proporções são perfeitas, segundo o ideal clássico de beleza. Veja que no desenho há inúmeras marcações relacionadas a altura, que é de 8 cabeças, além de algumas observações interessantes que podemos fazer sobre a proporção áurea. No desenho podemos observar, por exemplo, que a razão entre os pés e o umbigo e do umbigo até a ponta da cabeça se encontra dentro da proporção, 1 para 0,618. Em geral encontramos pessoas com a proporção de 7,5 cabeças de altura; mas, em raros casos, com 8, sendo esta última o padrão de beleza descrito por Vitruvius, e inclusive mais atraente, e a primeira (7,5), uma padrão menos interessante. Esse desenho inclusive é usado até hoje por ilustradores para aprender a proporção humana, como se fosse um guia universal de ilustração. Com base nisso podemos até sacar uma artimanha inconsciente das mulheres, que utilizam o salto para alongar as pernas e parecem mais atraentes, poderosas; mas, na verdade, estão aproximando é da proporção áurea, ainda que seja artificialmente. Em grandes games, filmes e animações você irá perceber artifícios semelhantes, relacionados a proporção e a figura humana.

Para uma melhor compreensão desta proporção, vou deixar você com uma animação de Walt Disney, e que com certeza vai poupar muitas palavras minhas para explicar o número de ouro, além é claro de ser extremamente mais eficiente, assista!

É claro que alguns detalhes ajudam, como é o caso de características mais raras (olhos verdes ou azuis), mas a proporção com certeza é uma das características estéticas mais poderosas, acredite!

Sobre o Autor

Um curioso aspirante da filosofia que curte aprender um pouco de tudo, seja de ciência, arte, religião ou filosofia. Artista Plástico, Designer Gráfico e Blogueiro há mais de 7 anos.

http://www.desenhoonline.com

2 comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *