Erica Awano em entrevista exclusiva ao blog desenhoonline.com

Ainda que tenha se formado em Letras e Literatura pela USP, o destino acabou lhe desviando de percurso, para fazê-la se aventurar a fundo pelo mundo dos desenhos. Graças a toda esta reviravolta a queridíssima Erica Awano se tornou uma respeitada quadrinista no Brasil, chegando inclusive a atuar no mercado europeu e estadunidense. Trabalhou ao lado de Marcelo Cassaro, ilustrando manuais de RPG 3D&T, Tormenta e outros. Foi ainda a responsável por ilustrar a série de quadrinhos Holy Avenger, um sucesso nacional que chegou a mais 40 edições.

Já ilustrou obras como Mega Man, Street Fighter Zero 3, Alice no País das Maravilhas (para o mercado europeu), uma edição de 25 anos do Menino Maluquinho, uma história do Chico Bento entre outros trabalhos como as revistas Anime EX e Animax.

 

Desenho Online – Nome completo, idade, hobby e ocupações.

Erica – Erica Awano; não interessa =p; neste momento, jogos multiplayer online; desenhista de quadrinhos.

 

Desenho Online – Com que idade você começou a se dedicar aos desenhos?

Erica – Acho que todo mundo começa a desenhar quando criança e em algum momento cresce e vai fazer coisa de adulto. Eu até tentei seguir por esse caminho, mas era muito chato e acabei voltando para o desenho. Quanto à dedicação, só veio depois da entrada no mercado – porque eu nunca achei que mangá e mulher fosse uma combinação possível na área de quadrinhos aqui no Brasil!

 

Desenho Online – Seu trabalho começou a aparecer nas bancas quando ilustrou uma revista em quadrinhos do Megaman, em 1996. Conte-nos como foi que surgiu esta oportunidade.

Erica – Surgiu depois de enviar uma carta (sim, isso é pré-histórico, antes do advento da internet no Brasil, acredito até que ainda havia uns 2 ou 3 dinossauros vivos…) para a revista ANIMAX e o editor, o Sérgio Peixoto, me convidar para conhecer o ORCADE, grupo que se reunia aos fins de semana em São Paulo para exibições de animes (que eram raros na época) e trocas de dicas sobre desenhos e avaliação de portfólio.
Na época já estava em andamento o projeto do Megaman e o Sérgio acabou me convidando para participar de uma revista! =)

 

Desenho Online – Sabemos que você é formada em Letras e Literatura pela USP. Na época que se formou a sua escolha profissional já estava definida ou você ainda estava em dúvida em relação a sua futura carreira com os desenhos?

Erica – Eu nunca tive dúvidas que nunca atuaria na área de quadrinhos. Foi na faculdade que as más influências começaram! xD
Alguns aprendem a beber e a jogar truco, eu aprendi que nem todo quadrinho era sobre homens musculosos que usavam a cueca sobre a calça ou mulheres semi-nuas, que quadrinho podia ser muito, mas MUITO mais que isso!
Por coincidência, nessa época estavam chegando os primeiros desenhos animados japoneses e, de repente, parte da combinação mangá-mulher estava ficando menos impossível…

 

Desenho Online – O que representou para você, ilustrar a premiada série de quadrinhos Holy Avenger? Quando a ilustrou, você chegou a imaginar que fizesse tanto sucesso no Brasil a ponto de ganhar até uma republicação?

Erica – Olhando agora eu posso dizer que se hoje eu tenho uma carreira, a maior parte dela eu devo à Holy Avenger, embora na época eu não levasse a menor fé de que o projeto fosse dar certo.
Quando eu estava fazendo a revista, eu estava tão preocupada em terminar no prazo que não tinha tempo para ver por onde estava andando, o que estava acontecendo ao redor, mesmo quando a revista foi premiada, tudo o que eu tinha na cabeça era a “página do dia”! xD

 

 

Desenho Online – O que você tem observado dos brasileiros nos últimos anos em relação à aceitação das HQ’s genuinamente brasileiras?

Erica – Para ser completamente honesta, ando bem por fora do mercado nacional… Eu não sei o que está sendo colocado em bancas ou em livrarias, mas durante os eventos que participei (FIQ, Gibicon, Rio comicon, pra citar alguns) eu pude ver que existe uma quantidade imensa de quadrinhos nacionais, alguns realmente surpreendentes e o que me deixa mais feliz é que as pessoas tem divulgado seus trabalhos através da internet e não desistido por não encontrar uma editora que invista no projeto.

 

Desenho Online – Como foi a experiência de desenhar uma história do Chico Bento no seu traço?

Erica – Foi divertido! Foi muito legal ter a chance de brincar com um personagem tão icônico como o Chico Bento! Mas a melhor parte mesmo foi saber que o Maurício de Sousa gostou da história que eu fiz!

 

Desenho Online – Quais são as suas influências artísticas?

Erica – Nossa, essa pergunta é muito vasta… Tudo que eu vejo, leio, ouço, assisto, tudo vira material para mim. Depois de devidamente destilado, tudo é influência!
Agora, se a pergunta era sobre algum desenhista em particular, eu não acho que tenha um em especial porque normalmente eu só gosto de coisas que eu não consigo desenhar!
É muito bom, sabe, olhar para tantas pessoas talentosas e para tanta diversidade! Ajuda a manter a humildade, o foco.

 

 

Desenho Online – Para você, o que basicamente não deve faltar na arte de uma HQ?

Erica – Na minha opinião quadrinho é narrativa, você está contando alguma coisa que alguém contou pra você. O desenho é só um instrumento para contar essa história então, nada mais importante que se fazer entender.
Claro, qualidade é importante, mas não é tudo, um desenho bonito vende o primeiro volume, mas não mantém o leitor.

 

Desenho Online – Gostaríamos de aproveitar a oportunidade para parabenizá-la pelo trabalho executado em “Alice”; o seu traço se encaixou muito bem com a história; tudo ficou muito leve e expressivo. Em relação à Alice, qual foi o feedback que você teve de seus antigos fãs após conferirem este trabalho no seu traço?

Erica – Obrigada!
Eu nem tenho certeza se os antigos fãs souberam da Alice, a revista saiu apenas lá fora, mas o pouco que eu vi foi que, quem gostava do meu trabalho adorou, quem não gostava, continuou não gostando! xD
Alice foi uma experiência fora da minha zona de conforto, o projeto não era pra ser feito com cara de mangá, mas por algum motivo o editor lá nos EUA achou que eu tinha o perfil para o trabalho, mesmo só tendo visto páginas no estilo em meu portfólio… Editores podem ser criaturas muito misteriosas… xD

 

 

 

Desenho Online – Onde você está trabalhando atualmente?

Erica – Atualmente eu atuo mais no mercado europeu… Pelo menos, meu clientes são de lá! Ou dizem que são! xD
Mas nada que esteja sendo publicado em revistas que podem ser encontradas facilmente, a não ser que você tenha contatos na Dinamarca ou na Suécia…

 

Desenho Online – Que recado você gostaria de deixar para os seus fãs desenhistas?

Erica – Olá, fãs desenhistas! xD

Ok, isso não vale como recado…

O que eu posso dizer? Eu gostaria de dar um bom conselho, uma boa dica, mas a verdade é que, mesmo tendo recebido vários, eu nunca segui nenhum, pelo menos, não conscientemente.
Entretanto, de uns tempos para cá eu tenho pensado muito num conselho que o Neil Gaiman (não sabe quem é? Queime no mármore do inferno!) disse em um discurso sobre o melhor conselho que ele recebeu, e que também não seguiu… Era sobre curtir o momento e não só ficar imerso no trabalho. Acho que esse é um bom conselho. Não importa o que você vai fazer no futuro, se vai ser quadrinista ou não, viva suas escolhas, não deixe pra ser feliz depois, porque “depois” pode nunca acontecer!

 

Desenho Online – Érica, nós do blog desenhoonline.com lhe agradecemos muito por nos conceder esta entrevista. Muito obrigado e sucesso!

Erica – Eu quem agradeço! Abraços! ^^

 

Sobre o Autor

Um curioso aspirante da filosofia que curte aprender um pouco de tudo, seja de ciência, arte, religião ou filosofia. Artista Plástico, Designer Gráfico e Blogueiro há mais de 7 anos.

http://www.desenhoonline.com

13 comentários

    1. Fiquei muito feliz por Erica nos conceder esta entrevista. Venho acompanhando o trabalho dela desde a sua aparição nos quadrinhos, com o Megaman; de lá para cá só tenho que elogiar a sua evolução, principalmente em Holy e Alice.

      Fique ligado Marcos, esse ano vai ter muita coisa legal no blog.

      Abraço!

  1. AHHHHH ela é tão fofa *O*.
    Adoro ela ^^/
    Linda a entrevista! Ela é mais adoravel do que eu pensei! Seguirei os conselhos dela!

  2. Regra número um da convivência com mulheres: nunca pergunte a idade. xD

    Mas muito boa a entrevista, super simpática e engraçada e com respostas completas. Realmente sempre há trabalho (vide mercado Europeu que a alguns anos atrás era bem fechado) pra quem é bom.

  3. MUITO BOA A ENTREVISTA, E O CONSENHO QUE ELA RECEBEU, QUE FOI UM CARA QUE PASSOU PRA ELE, E, ELE NUNCA SEGUIU, E PASSOU PRA ELA SEGUIR, E ELA NUNCA SEGUIU, MAIS NOS DISSE PRA SEGUIR. SHOW COMO DIGO ESSE SITE É UM PARAISO .

  4. Erica Awano sempre nos surpreendendo com sua garra, talento e humildade. Você é uma inspiração para nós desenhistas e que entrevista divertida, meus parabéns e que Deus continue te abençoando sempre!

  5. Ela é incrivel , serve de grande inspiração seus traços tem uma delicadeza maravilhosa, a entrevista foi bem descontraida e divertida, da gosto de ler.

  6. A Érica Awano está entre meus quatro favoritos e preferidos desenhistas da atual safra, os outros três são o Marcelo Cassaro, Rogério Saladino e Laerte Coutinho, até já converso com os quatro de vez em quando pelo Facebook!

    Eis os nomes dos quatro por ordem de preferência: Marcelo Cassaro, Érica Awano, Rogério Saladino e Laerte Coutinho devido aos três primeiros terem notórios, perfeitos, renomados e sublimes trabalhos na história em quadrinhos em estilo mangá (a história em quadrinhos japonesa) de tal maneira que os dois primeiros até são meus favoritos e preferidos nesse quesito e o quarto devido a seu humor refinado, requintado e sofisticado!

    A propósito, antes que me esqueça, alguém aqui, por favor, esclareça-me e me explique uma coisa: afinal de contas, o nome da Érica Awano possui acento ou não na realidade?

    Ela é chamada com o acento na Wikipédia em português e sem o acento na Wikipédia em inglês, nesse caso, qual das duas está certa, correta e exata nessa?

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *